Postagens populares

sábado, 20 de novembro de 2010

LINDA POESIA POETA ZE ADALBERTO

VOLUNTÁRIOS DE CRISTO

Martin King deixou diversos feitos
No início da década de setenta
Apagando uma história violenta
Implantando igualdade de direitos.
Reprimiu a ação dos maus preceitos
Condenou o contraste social
Reuniu em seu grupo fraternal
Branco, negro, civil, cônscio e bisonho
Seu famoso discurso: “Eu tenho um Sonho”
Virou símbolo da paz universal.

Hoje, Madre Teresa ainda está
Entre aqueles que mais ela ajudou
Sua alma, pro Céu, Deus a levou
Mas deixou seu exemplo em Calcutá.
Serva assídua e fiel a Jeová
Mesmo quando escreveu em linhas tortas
Com a chave da fé abriu as portas
Da vontade do Reino de Jesus
Sem ser mãe biológica deu a luz
A milhares de vidas quase mortas.

Gandhi foi, com certeza, um instrumento
Em defesa da Índia e do seu povo
Tinha sempre na alma um plano novo
Como líder de um grande movimento.
Fez da não-violência um mandamento
No combate às discórdias sociais
Viveu entre duas guerras mundiais
Mas seu grito, por paz, correu às ruas
Viu-se o Ganges levar as cinzas suas
Mas não pôde levar seus ideais.

Sem Dom Hélder, Recife e Fortaleza
São iguais ao sertão quando não chove
Ou à nuvem vazia que se move
Sem poder borrifar a natureza.
Defensor incansável da pobreza
Na missão da Igreja Progressista
Pra Jesus, ele foi uma conquista
Para o mundo, ele foi uma vitória
Quem quiser imitar a sua história
Pegue a sua “batina” honrosa e vista.

Poeta Zé Adalberto

Nenhum comentário: