Postagens populares

segunda-feira, 20 de junho de 2011

FABIANO AMORIM E A EDUCAÇÃO

SOU PROFESSOR SUBSTITUTO DA ESCOLA TERESA TORRES NO MUNICÍPIO DE ITAPETIM-PE CERCA DE 423 KM DE RECIFE DESDE 1999. TENHO UM SONHO DE ME TORNAR EFETIVO E SEGUIR NA CARREIRA COMO PROFESSOR, VEJO ALGUNS PROFESSORES RECLAMAREM DO SALÁRIO COM TODA RAZÃO LÓGICO, MAS VEJO TAMBÉM QUE A EDUCAÇÃO SOMOS NÓS QUEM FAZEMOS. MAS COMO?
OS PROFESSORES DE UM MODO GERAL DEVEM ORGANIZAR SIM PARADAS OU GREVES PARA BRIGAR E CONSEGUIR BONS SALÁRIOS, SUBIR EM PALANQUES , SE CANDIDATAR A CARGOS PÚBLICOS, IR À MÍDIA, FALAR COM POLÍTICOS, NÃO TER MEDO DE PREFEITOS E RECLAMAR NOSSOS DIREITOS, NO CASO DA POLÍTICA MUNICIPAL; ORGANIZAR SEUS PLANEJAMENTOS, E NÃO SÓ RECLAMAREM E TEREM MEDO DAS CONSEGUÊNCIAS, SE ESCOLHEMOS ESSE CAMINHO TEMOS QUE CONTINUAR, NÃO ADIANTA SÓ RECLAMAR, SERÁ QUE NÃO SE ACOSTUMANOS AINDA QUE É ASSIM?
OUTRA COISA É QUE SEMPRE FOMOS UMA CATEGORIA NÃO LEMBRADA PELOS POLÍTICOS,ISSO NEM TÃO CEDO VAI MUDAR, A PROFESSORA DE NATAL QUE FOI A MÍDIA RECLAMAR TEVE CORAGEM E FEZ O CERTO. QUANTAS VEZES NÓS PROFESSORES FOMOS A UMA REUNIÃO DE VEREADORES OU ALGO PARECIDO E COBRAMOS ALGO? VAMOS ESPERAR OS OUTROS FAZEREM E PEGARMOS "CARONA"? SERÁ QUE MUITOS PROFESSORES SÓ VÃO RECLAMAR DAS COISAS, DOS SALÁRIOS E NUNCA VÃO BRIGAR POR ISSO? RECLAMAR É BOM, MAS UM PROFESSOR NÃO VIVE SÓ DISSO. AS TEORIAS SÃO UMA COISA, AS PRÁTICAS NEM TANTO. COSTUMAM DIZER QUE A CLASSE DE PROFESSORES É A CLASSE MAIS DESUNIDA.EM CERTA PARTE SIM, MAS PRECISAMOS LUTAR MAIS E NÃO SÓ RECLAMAR. OS NOSSOS QUERIDOS ALUNOS,GRAÇAS A ELES TEMOS NOSSO SALÁRIO, QUE É UMA REALIDADE QUE OS MESMOS NÃO QUEREM ESTUDAR, NÃO QUEREM NADA, E O SISTEMA NOS OBRIGA A MAQUIAR DADOS E PASSÁ-LOS SEM SABER ABSOLUTAMENTENTE NADA,SÃO POUCOS QUE APROVEITAMOS, SERÁ QUE UM DIA VÃO SER O FUTURO DO PAÍS? NA ERA DA REVOLUÇÃO DA INFORMÁTICA QUEM DEVE SE ATUALIZAR TAMBÉM SOMOS NÓS PROFESSORES, OU VAMOS RECLAMAR TAMBÉM DISSO? A EDUCAÇÃO AINDA TEM JEITO?
EU ACHO QUE SIM, OU VAMOS CONTINUAR SÓ RECLAMANDO SEM AGIR?
AGIR É QUANDO ORGANIZAR UMA GREVE OU ATO PÚBLICO PARTICIPAR E DIZER PARA ESSES POLÍTICOS QUE QUEREMOS MUDANAÇAS, MELHORIAS, NÃO EM PRÉDIOS, NÃO PARA OS ALUNOS, MAS PARA NÓS MESMOS.AGIR TAMBÉM EM PROJETOS EDUCACIONAIS QUE INCENTIVEM ÀQUELES ALUNOS QUE AINDA QUEREM ALGO, AGIR NÃO POR BDE OU COISA PARECIDA, MAS PELA EDUCAÇÃO, PELO NOME A HONRAR DE PROFESSOR, QUE AO CONTRÁRIO DE ALGUNS , NÃO ENVERGONHA, PARA MIM É UMA HONRA SER PROFESSOR, MESMO SUBSTITUTO E SABENDO QUE AMANHÃ NÃO SABE SE VAI ESTAR AQUI.
PROFESSORES O GOVERNO DIZ QUE ESTÁ MELHORANDO, MAS ENQUANTO NÃO MUDAR A POLÍTICA DE INCENTIVO A TODOS NÓS, CONTINUARÁ DESSE JEITO. É HORA DE PARAR DE DAR TANTAS COISAS NAS MÃOS DESSES ALUNOS, MUITAS VEZES ACOBERTADOS OS DIREITOS PELOS PRÓPRIOS PAIS QUE NÃO VEEM COMO ESTÁ O DESEMPENHO E A EDUCAÇÃO ABSURDA QUE MUITOS TEM NA SALA DE AULA, SEM OS SEUS DEVERES. DERESPEITANDO SEU MESTRE, PALAVRAS DE BAIXO ESCALÃO, QUE NÃO SABEMOS SE APRENDEM EM CASA,OS GOVERNOS TÊM É QUE PENSAR EM INVESTIR CADA VEZ MAIS EM NÓS PROFESSORES, NÓS É QUE SOMOS A REFERÊNCIA, POIS SOMOS A CLASSE QUE EDUCA TODO UM PAÍS E SEUS "LÍDERES".
FABIANO AMORIM

Nenhum comentário: